O que são colchões magnéticos e que cuidados deve ter

Apesar dos estudos científicos não terem concluído qualquer efeito do magnetismo no alívio de dores e outros sintomas, os colchões magnéticos são vendidos como tal. São colchões que recorrem a essas supostas propriedades terapêuticas do magnetismo no corpo humano, ganhando fama pelo aparente alívio de doenças do foro muscular como dores lombares, artrite, ciática, tendinites, inflamações, fibromialgias ou fadiga crónica.

colchoes magneticos
Os colchões magnéticos são colchões de esponja com materiais com magnetismo embutidos no seu interior. São colchões que são promovidos como possuidores de propriedades curativas . Deverá encarar com especial cuidado a compra de um colchão deste tipo. Tenha também em atenção que esta solução não é recomendável para pessoas com implantes metálicos ou possuidores de pacemakers pelas razões óbvias.

A opinião científica

Reunindo os estudos sobre o tema das universidades mais prestigiadas publicados nos jornais de medicina mais credíveis, é quase unanime a não evidência de qualquer efeito (positivo ou negativo) na saúde corporal.

2007 – Estudo publicado no Canadian Medical Association Journal 

Conclusão: Ímans não podem ser recomendados como um tratamento eficaz, uma que que as conclusões não suportam que o uso de ímans funcionem no alívio de dores corporais

2006 – Estudo publicado no British Medical Journal

Conclusões: Não existe qualquer evidência que ímans de estática funcionem enquanto terapia de alívio de dor.

Também as posições oficiais de reputadas agências de saúde vão de encontro à falta de comprovação científica para as alegações de benefícios medicinais do magnetismo:

Sociedade Americana para o Cancro –  “Evidência científica não suporta as alegações.”

U.S. Department of Health  – “Evidência científica não suporta o uso de ímans para alívio de dores corporais.”

Vários reguladores de saúde internacionais proíbem a alegação dos ímans como benéficos para a saúde, como por exemplo o U.S. Food and Drug Administration que proíbe qualquer comunicação do magnetismo, seja em colchões ou em qualquer outro contexto, com propriedades médicas de cura.

Então porque são tão procurados?

O magnetismo é muito popular na medicina alternativa, muito influenciada pela medicina asiática. Contrário a outras terapias já utilizadas na medicina moderna como a acupuntura, o magnetismo apenas parece ter um efeito placebo. Dado que não existe evidência de prejudicar a saúde, os vendedores de colchões aproveitam para fazer subir ainda mais os preços dos colchões alegando os “efeitos adicionais” na saúde do corpo humano.

No restante, é um colchão exactamente igual a qualquer colchão de espuma. Deverá ter em consideração os mesmos critérios de resistência, suporte lateral, temperatura ou isolamento de movimento que o material que constitui a superfície do colchão magnético que esta a considerar.

Se ainda assim está convicto em considerar um colchão magnético, vamos debruçar-nos com atenção para as principais características que deverá ter em atenção:

Durabilidade

Os colchões magnéticos de qualidade tem uma durabilidade mínima de quatro anos, perdendo partir daí o magnetismo induzido artificialmente.

Calibração

O limite de magnetismo recomendado deverá andar entre os 700 e os 800 Gauss. Valores acima disso alega-se que poderão provocar insónia, irritabilidade e um efeito negativo para a saúde no médio prazo.

Preço

Os preços dos colchões magnéticos variam significativamente, podendo ir desde 400 € por uma cobertura magnética que poderá colocar por cima do seu colchão actual até aos 4.000,00 € por um colchão estruturalmente magnético.

O Power Balance dos Colchões

Nós no Colchões Portugal somos extremamente céticos e críticos quanto aos colchões magnéticos. É preferível usar o valor adicional que os colchões dessa categoria custam para investir em melhores materiais e maior espessura. Não vá na cantiga do magnetismo.

Comentários

Comente aqui