Colchão de ar – Uma solução para o seu quarto?

Os colchões de ar são uma solução são habitualmente comprados para utilizações de recurso para convidados ou para actividades ao ar livre como o campismo. A verdade é que também existem colchões de ar residenciais que criados especificamente para um uso diário.

colchao de ar

O colchões de ar residenciais residenciais são visualmente similares aos colchões de esponja . A diferença é que utilizam câmaras de ar no seu interior como base de suporte e não esponja ou molas. Apesar de ser uma opção pouco disponível no mercado português, os colchões de ar são comparáveis em termos de conforto, tendo a vantagem de serem altamente personalizáveis. As câmaras de ar podem ser separadas em dois lados nas camas de casal, permitindo que cada membro ajuste o ar para a rigidez preferida através de bombas de ar mecânicas ou digitais que permitem encher ou esvaziar sem esforço físico.

Os colchões de ar residenciais de maior qualidade recorrem a materiais como borracha vulcanizada que asseguram maior durabilidade e conforto mas tenha sempre em atenção de um bom colchão deve ter sempre um bom suporte lateral. Isto irá permitir suporte extra e prevenir deformações e mudanças estruturais. Também ao níveis das câmaras existem soluções Premium que permitem definir a quantidade de ar em áreas específicas do colchão como a zona das costas, pernas ou cabeça.

Se está confortável com estas características e quiser comprar um colchão de ar residencial, tenha em atenção estes 5 pontos:

Escolha simples nas câmaras de ar

O número ótimo de câmaras de ar que um colchão de ar residencial deverá ser o mínimo possível. Menos câmaras significam menos adesivos na montagem e menos risco de fugas de ar aumentado assim a sua durabilidade.  Um colchão de ar residencial poderá garantir-lhe décadas de sono.

Escolha materiais de qualidade para a cobertura

Esponja de alta densidade dão uma superfície confortável (e não aquela sensação de plástico molhado quando estamos na piscina), protegendo as câmaras de ar. Entre os materiais usados temos o viscoelástico e o látex como as melhores opções. Tenha muito cuidado com os materiais usados nas coberturas. Serão estes que farão a diferença no conforto do seu sono e na durabilidade do colchão. A nossa recomendação? O Látex é uma solução natural, segura e que abraça os contornos do seu corpo. O nível de pressão de ar nas câmaras irão dar-lhe a rigidez que prefere.

Bombas de enchimento

Ruído, utilidade e fiabilidade são as suas prioridades. Uma bomba silenciosa é crítica se precisar fazer um enchimento fora de horas. Ao nível da utilidade tenha em atenção a capacidade da bomba para o número de litros de ar do seu colchão. Este ponto permitirá-lhe poupar horas de espera até o enchimento estar concluído. Algumas bombas conseguem completar um enchimento de colchão em 2 minutos. Pergunte sempre ao vendedor o tempo médio que a bomba garante. Para além disso a bomba deverá ser facilmente acessível para permitir boa ventilação (evitando sobreaquecimento) e entrada de impurezas.

Suporte lateral

Um bom suporte lateral nota-se logo quando se sentar numa extremidade do colchão de ar. Procure por um suporte de esponja ou a revestir as laterais e fuja de colchões com câmaras de ar até às extremidades. Esteja atento e compare a rigidez na extremidade e no centro do colchão, se não encontrar diferenças estará a tomar uma boa decisão.

Montagem

Os colchões de ar residenciais poderão ser vendidos como já montados ou em peças. Ambas são razoáveis, sendo que versão montável lhe irá permitir poupar alguns euros e substituir peças mais facilmente mas o processo de montagem em si pode ser infernal e o resultado final provocar-lhe alguns dissabores.

Conclusão

Apesar da evolução notável deste tipo de colchões ter permitido uma aproximação em termos de qualidade de sono aos colchões de esponja ou de molas existem ainda alguns pontos bastante negativos. O esvaziamento gradual das câmaras que poderão deteriorar as condições de rigidez e obrigar a reencher o colchão de 3 em 3 semanas. Para além disso existe o risco de rebentamento por contacto com materiais afiados.Também a dissipação da temperatura poderá ser um problema para si. Os materiais usados nas câmaras de ar não são muito respiráveis fazendo com que temperaturas altas se mantenham altas (podendo provocar suores) e em temperaturas baixas não farão um bom trabalho a preservar o calor corporal. Finalmente, a diferença de preço não é assim tão significativa comparando com um colchão de látex ou de esponja de memória.

Comentários

Comente aqui