Trocar de colchão? 3 Sinais que o seu colchão actual pode estar a destruir-lhe a vida

Estimam-se que mais 30% por cento dos portugueses tem problemas de sono directamente relacionados com a inadequação da superfície de sono. As razões são variadas podendo ser de cariz económico, devido ao adiamento da troca do colchão por motivos financeiros ou mesmo por não haver uma consciência clara da falta de qualidade de sono devido à rigidez excessiva ou insuficiente do colchão. Descubra aqui se está mesmo na hora de trocar de colchão.

trocar colchão

trocar de colchão

A escolha do colchão ideal é decisiva para garantir um sono retemperador repondo os níveis energéticos que lhe permitem encarar cada dia no máximo das nossas capacidades. Se o efeito de uma boa noite de sono é reconhecido como algo de bom senso por todos, porque nos contentamos como um sono meramente aceitável? Chegamos a passar anos a acordar com dores, com aquela sensação de desconforto e sem energia e nunca associamos esses sintomas à qualidade do nosso colchão. Existem várias histórias até de consumidores que apenas se aperceberam do erro de manter o seu colchão actual quando experimentam um colchão de hotel e tem uma noção comparativa do que têm perdido noite após noite.

Existe uma forma muito simples de avaliar a influência do seu colchão na qualidade do seu sono:

Acorda com dores

Se conhece demasiado bem aquela sensação de moído, com os músculos travados e que ao mover-se lhe provocam dores então o seu colchão não é o apropriada para si.

Muda de posição várias vezes antes de adormecer

A sua posição de sono natural é a primeira que o seu corpo se deitar (de lado, costas ou barriga). Se ao fim de alguns minutos mudar de posição e encontrar o conforto numa posição de barriga para baixo, então o seu colchão é demasiado rijo para o seu corpo. Isto ocorre porque o colchão não consegue aliviar o peso nos pontos de pressão principais (p.e. os seu ombro se dormir de lado).  Durante o sono, o seu corpo vai querer voltar a essa primeira posição provocando-lhe dores que sentirá apenas após acordar.

Acorda várias vezes durante a noite

O desconforto provado pela rigidez excessiva, temperatura demasiado elevada ou por movimentos do seu parceiro irá interromper o seu sono várias vezes não permitindo um descanso continuado e por isso retemperado.

Conclusão

Geralmente a associação dos problemas de sono com o colchão ocorre apenas para situações limite como dores crónicas ou alergias. Apesar das sensações de cansaço, dores matinais ou níveis de energia não serem facilmente perceptíveis tenha sempre em atenção as dicas acima referidas. Se se rever em alguma delas deverá trocar de colchão imediatamente. A sua saúde e qualidade de via agradecem.

Comentários

Comente aqui